Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA inicia aulas de curso de Agropecuária em Buriticupu
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA inicia aulas de curso de Agropecuária em Buriticupu

O curso é ofertado no âmbito do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 11/03/2020 17h26
  • última modificação 12/03/2020 15h00

Foi realizado, no dia 21 de fevereiro, no IFMA Campus Buriticupu, a abertura das atividades pedagógicas do curso Técnico em Agropecuária no âmbito do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA).

 

A aula inaugural “O PRONERA no contexto da educação do campo” foi proferida pelo professor José de Ribamar Sá Silva, Doutor em Políticas Públicas , e integrante do Departamento de Economia da UFMA.

 

Participaram da atividade agricultores, assentados da Reforma Agrária (pais e estudantes do curso), além de autoridades do município e representantes das entidades parceiras: INCRA, Sindicato dos trabalhadores Rurais de Buriticupu e Prefeitura Municipal de Buriticupu (Noris Costa – Secretaria Municipal de Educação; José Roberto da Silva Nascimento – Conselho Municipal de Educação; Antonio Gonçalves de Sousa – Secretaria de Agricultura de Buriticupu; e Jailson Soares Teixeira – Secretário de Administração e Planejamento).

 

 

“É um marco para educação do campo no município, pois esta é a primeira turma do Curso técnico em Agropecuária ofertada no âmbito do Pronera pelo IFMA em Buriticupu”, afirmou o coordenador geral do curso, Emanuel Monteiro. “É o resultado de lutas históricas dos movimentos sociais e esforços conjuntos dos do INCRA, Prefeitura de Buriticupu, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e IFMA para que pudéssemos concretizar esse curso tão esperado pela juventude do campo e trabalhadores rurais da região”, ressaltou.

 

“Compreendemos a importância desse curso para os assentados, filhos e parentes de assentados da reforma agrária e o papel fundamental que os educadores e educadoras têm na formação de sujeitos políticos capazes de reivindicar direitos para o campo”, comentou a Presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Buriticupu, Fábia Ferreira Sousa. “O PRONERA é demanda histórica do ‘campo’, atendida com as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras rurais durante várias ações estratégicas de massas dos Movimentos Sindicais dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais”, prosseguiu. “Que os educandos da turma do Pronera possam desenvolver características positivas tão bem defendidas pela categoria rural da agricultura familiar”, recomendou. “Reafirmamos o compromisso do Sindicato dos Trabalhadores e trabalhadoras Rurais na missão por uma Educação para o bem do coletivo”, concluiu..

 

O Diretor Geral do Campus, Vilson Almeida, saudou os responsáveis e pais de alunos na reunião para apresentação da Proposta Pedagógica do Curso que foi conduzida pela equipe pedagógica do Pronera. A programação seguiu com a ambientação dos  estudantes, construção do regimento interno e formação de equipes de trabalho”.

 

As aulas foram iniciadas no dia 22 de fevereiro e se prologam até o dia 12 de março, na Escola Municipal Darcy Ribeiro, na Comunidade Pau Ferrado, no município de Buriticupu.

 

“Eu achei esse sistema de alternância bem interessante e inovador, pois permaneço 21 dias em tempo integral na escola e 21 dias na comunidade”, avaliou o estudante Danilo Sousa Melo, da Comunidade Vila do Incra. “Além disso, temos a possibilidade de colocar os conhecimentos que estudamos aqui em prática, pois nós vivemos no campo e podemos aplicar o que aprendemos em nosso dia a dia”, prosseguiu. “Aqui no IFMA eu sei que posso crescer como pessoa e como um indivíduo intelectual”, finalizou o estudante.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página